Hoje às 15h44
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
VACA FRIA

VACA FRIA

´Considerado um dos maiores intelectuais do mundo, o linguista, filósofo e ativista político Noam Chomsky aderiu à campanha em defesa do Prêmio Nobel da Paz para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.´
https://www.brasil247.com/pt/247/mundo/352277/Chomsky-se-une-%C3%A0-campanha-pelo-Nobel-da-Paz-a-Lula.htm
Hoje às 15h41
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
VACA FRIA

VACA FRIA

´Há dois anos Sérgio Moro conta com a proteção e o corporativismo do CNJ para não julgá-lo. Moro terá que ser, obrigatoriamente, declarado criminoso, e essa é a razão de tanta blindagem ao juiz da Lava Jato.´
https://www.conversaafiada.com.br/brasil/pimenta-cnj-vai-condenar-o-judge-murrow
Hoje às 15h32
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
VACA FRIA

VACA FRIA

Clique aqui para ampliar

Hoje às 15h17
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
BULXITI

BULXITI

Clique aqui para ampliar

MACHADO
Hoje às 14h52
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
RIPA NA XULIPA

RIPA NA XULIPA

´Mesmo com a Dívida Líquida Consolidada do Setor Público sob o receituário neoliberal aplicado pelo governo Temer tendo sito multiplicado por 28 vezes mais rapidamente que no mandato de Dilma, o tema praticamente desapareceu do noticiário nacional.´
´De acordo com estudo do CEPR (Center for Economic and Policy Research) em 183 países, o Brasil somente registra comprometimento com despesas com a dívida pública menor que o Iêmen (8,36%), a Gâmbia (8,81%) e o Líbano (9,15% do PIB). Em síntese, nações que se encontram submetidas a conflitos internos e que apontam risco de não pagamento dos compromissos financeiros, bem diferente da situação brasileira.
Pela implantação do receituário neoliberal, o governo Temer protege o pagamento dos juros aos detentores privados da dívida pública, impondo simultaneamente o desembarque dos pobres das políticas públicas, o desmonte das áreas sociais (saúde, habitação, educação, assistência e outras), da infraestrutura (estradas, portos, aeroportos e outras) e dos investimentos na economia.
Também durante os anos de hegemonia do neoliberalismo nos governos de FHC (1995-2002), a Dívida Líquida Consolidada do Setor Público cresceu exorbitantemente, com o silêncio e a condescendência da mídia e dos comentaristas e analistas do mercado financeiro. Entre 1995 e 2002, por exemplo, a dívida pública liquida saltou de 30% para 60% do PIB, com elevação acumulada de 114% (ou 0,9% ao mês).
Ao contrário disso, os governos liderados pelo Partido dos Trabalhadores (Lula e Dilma) impuseram importante queda na Dívida Líquida Consolidada do Setor Público. Entre os meses de janeiro de 2003 e maio de 2016, por exemplo, a dívida pública líquida decresceu de 59,9% para 39,2% do PIB. Pelo crescimento da produção e a concomitante queda na taxa real de juros, o rentismo foi afetado negativamente pelos governos do PT. Com isso, abriu-se maior espaço fiscal para a incorporação dos pobres nas políticas públicas e o fortalecimento dos gastos nas áreas sociais, infraestrutura e investimento estatal.´ (MÁRCIO PORCHMANN)

http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2018/04/o-silencio-da-midia-ante-o-crescimento-da-divida-publica-sob-temer
Hoje às 14h45
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
ROLÉ

ROLÉ

Clique aqui para ampliar

Moulin de la Galette, Vincent van Gogh
Hoje às 13h15
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
Alexandre Lydia

Alexandre Lydia

Clique aqui para ampliar

Nada ilustra tão bem o Brasil atual quanto a contenda mítica entre o dragão da maldade e o santo guerreiro imortalizada, pela obra épica de Glauber Rocha e perfeitamente pertinente ao duelo entre o juiz Moro, representando o colonialismo e LULA, como paladino da independência autóctone.
Hoje às 13h2
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
PUTZ!

PUTZ!

Clique aqui para ampliar

Hoje às 12h9
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
PUTZ!

PUTZ!

Clique aqui para ampliar

Hoje às 11h56
Palpite Socialize PodicrêNada A Ver
PUTZ!

PUTZ!

Clique aqui para ampliar

Mostrar Posts Antigos